(11) 94089-3472 (11) 4655-0691
Online
Internação involuntária de alcoólatra

Internação involuntária de alcoólatra


É comum que pessoas afetadas pelo vício, o que inclui o alcoolismo, não entendam a gravidade de sua situação, apesar de saberem que algo está errado.

Em outras situações, elas nem percebem que algo esteja errado. Geralmente elas acham que todos ao redor estão exagerando. Seja como for, esses são comportamentos perigosos precisam ser tratados urgentemente.

É aí que a família ou amigos próximos devem intervir para evitar que o dependente coloque em risco a sua vida ou a de outras pessoas.

Como funciona a internação involuntária?

Para início de conversa, vale lembrar que a decisão de internar a pessoa viciada em álcool ou drogas para tratamento contra a sua vontade é amparada por uma lei.

Trata-se da Lei 10.216 de 6 de abril, 2001, que concede aos responsáveis e familiares o direito de procurarem um tratamento especializado com o intuito de salvar a vida do dependente.

Para isso é preciso conseguir a assinatura do médico psiquiatra responsável pelo acompanhamento do seu familiar.
Tal profissional deverá ser especializado em tratamento e intervenção involuntária ao indivíduo dependente de bebidas alcoólicas.

Após realizar esse procedimento será preciso levar os documentos ao Ministério Público para deixá-los cientes da internação e dos motivos para essa decisão.

Ao fazer uma internação involuntária em uma clínica de recuperação como o Grupo Esperança, você está assegurando que o dependente não se machuque ou atente contra a própria vida ou a de outras pessoas.

Qual é o perfil do dependente que necessita de uma internação involuntária?

Os sintomas causados pelo alcoolismo vão aumentando bastante e aparecem de forma rápida. Esses desvios de comportamento não só afetam ao próprio indivíduo como também a todas as pessoas ao seu redor.

Confira a seguir alguns dos efeitos que podem alertar a família de que está na hora de fazer algo:

O Grupo Esperança coloca o respeito ao paciente em primeiro lugar, assim como sua individualidade.

Não importa qual tipo de internação, o Grupo o tratará como membro da sociedade com necessidades e não como um prisioneiro debilitado.

Além do processo de desintoxicação, é essencial que o dependente saia da clínica mais confiante e seguro de si. Por isso a abordagem madura e multidisciplinar é tão eficaz e importante.

Clínica de Recuperação em São Paulo SP


Clínica de alcoolismo

A clínica de alcoolismo é um centro de tratamento preparado para a internação de pacientes viciados em álcool. Esse vício pode ser causado por fatores complexos, como sociais, psicológicos e até mesmo genéticos.

Ler mais

Clínica para dependentes alcoólatras

Chega um momento em que a família não sabe mais lidar com o vício de um de seus membros. Não é má vontade ou falta de interesse. É realmente sentir as mãos atadas enquanto o outro sofre.

Ler mais

Clínica de dependência química

Apesar de atualmente termos uma maior conscientização sobre a dependência química e a gravidade da situação, infelizmente ainda é difícil saber lidar com dependentes químicos dentro de casa ou no convívio social.

Ler mais

Como internar um alcoólatra?

Pode ser doloroso, mas a internação se faz necessária em alguns casos de alcoolismo. Você ainda tem dúvidas sobre isso? Continue lendo e obtenha informações sobre como internar um alcoólatra.

Ler mais

Clínica para dependentes químicos involuntários

A internação involuntária ocorre quando a situação do dependente químico é perigosa, mas ele não compreende isso. É neste ponto que a família se sente obrigada a interná-lo em uma clínica de recuperação ainda que sem sua autorização.

Ler mais

Internação involuntária de alcoólatra

É comum que pessoas afetadas pelo vício, o que inclui o alcoolismo, não entendam a gravidade de sua situação, apesar de saberem que algo está errado.

Ler mais

Blog