(11) 94089-3472 (11) 4655-0691
Online

Como lidar com um dependente químico em recuperação?


Como lidar com um dependente químico em recuperação?

Procurar ajuda já é um grande passo para a pessoa dependente química. É essencial que a família e os amigos próximos a apoiem durante todo o processo de tratamento. É um caminho difícil, mas necessário.

Muitas vezes é difícil entender exatamente pelo que os indivíduos viciados em drogas estão passando. Os familiares e colegas podem ficar sem saber o que fazer, por mais que queiram ajudar.

Antes de tudo, lembre-se disto: você tem que ser parte da recuperação e não um mero observador.

A Clínica de Recuperação Grupo Esperança tem dicas que te farão saber o que fazer e como agir para tornar esse período penoso bem melhor para a pessoa. Confira a seguir.

Conheça 5 formas de como lidar com um dependente químico em recuperação

Tenha paciência

Ser paciente é essencial. Não espere que o processo de recuperação seja rápido. O vício em drogas é uma doença e como tal não é possível forçar o paciente a melhorar mais depressa.

Não o rechace durante recaídas, isso é algo normal na recuperação. Não o deixe desistir e tente manter os ânimos lá em cima para que as causas que o levaram ao vício não voltem.

Ouça mais e fale menos

Não force a pessoa a falar, mas deixe-a entender que você é “todo ouvidos” caso ela queira desabafar. Não adianta abrir a boca e soltar palavras ao vento. É muito importante escutar e manter a mente aberta. O Grupo Esperança também possui terapeutas e profissionais diversos preparados para isso.

Pratique a empatia

Não julgue. Cada pessoa lida com os problemas de sua própria forma. Não tente dar sermões ou simplificar a situação. Diga que imagina o quão difícil é, seja mais compreensivo e tolerante.

Faça como o Grupo Esperança: respeite sua personalidade e procure entender o que o fez ir por esse caminho, o que se passa em sua cabeça e como trazê-lo de volta são e salvo.

Esteja lá por ele

Percorra a estrada com seu ente querido. O abandonar nesse momento pode acabar com suas esperanças. Às vezes só a sua presença e ombro amigo já fazem a diferença. Tenha boa vontade e participe das sessões ou eventos que ele pedir.

Mostre os detalhes positivos da vida

Passe tempo conversando sobre assuntos divertidos, jogando jogos ou preparando comida. Se estiver em tratamento externo, aproveite para sair com ele para o cinema, chame os amigos, vá jantar... Enfim, mostre as coisas boas da vida que não precisam de drogas.

Leia mais conteúdo da Clínica de Recuperação Grupo Esperança para entender melhor os processos de tratamento e como a recuperação funciona.

Clínica de Recuperação em São Paulo SP


Clínica de alcoolismo

A clínica de alcoolismo é um centro de tratamento preparado para a internação de pacientes viciados em álcool. Esse vício pode ser causado por fatores complexos, como sociais, psicológicos e até mesmo genéticos.

Ler mais

Clínica para dependentes alcoólatras

Chega um momento em que a família não sabe mais lidar com o vício de um de seus membros. Não é má vontade ou falta de interesse. É realmente sentir as mãos atadas enquanto o outro sofre.

Ler mais

Clínica de dependência química

Apesar de atualmente termos uma maior conscientização sobre a dependência química e a gravidade da situação, infelizmente ainda é difícil saber lidar com dependentes químicos dentro de casa ou no convívio social.

Ler mais

Como internar um alcoólatra?

Pode ser doloroso, mas a internação se faz necessária em alguns casos de alcoolismo. Você ainda tem dúvidas sobre isso? Continue lendo e obtenha informações sobre como internar um alcoólatra.

Ler mais

Clínica para dependentes químicos involuntários

A internação involuntária ocorre quando a situação do dependente químico é perigosa, mas ele não compreende isso. É neste ponto que a família se sente obrigada a interná-lo em uma clínica de recuperação ainda que sem sua autorização.

Ler mais

Internação involuntária de alcoólatra

É comum que pessoas afetadas pelo vício, o que inclui o alcoolismo, não entendam a gravidade de sua situação, apesar de saberem que algo está errado.

Ler mais

Blog