(11) 94089-3472 (11) 4655-0691
Online

Como ajudar um dependente químico que não quer ajuda?


Como ajudar um dependente químico que não quer ajuda?

Você precisa de ajuda para uma pessoa muito querida que é um dependente químico? A Clínica de Reabilitação Grupo Esperança pode ajudar. Nós podemos fazer o bem para o dependente/paciente e para você e sua família.

Nunca espere para procurar ajuda nesses casos, pois você precisa estar consciente de que a droga mata e destrói uma família inteira. Embora seja doloroso, o tratamento químico e a internação sempre ajudarão essas pessoas.

Nós sabemos que é difícil aceitar esse tipo de situação dentro de casa e é por isso que, muitas vezes, as pessoas deixam para procurar um tratamento como última opção.

Não seja esse tipo de pessoa. Quando você procura ajuda para um dependente químico, você está demonstrando amor e preocupação com o próximo.

Embora haja dependentes químicos que não aceitam ajuda, nós mostraremos a você qual é a melhor forma de convencê-lo a se tratar sem que haja a necessidade de usar a força.

Como ajudar quem não quer ajuda?

O primeiro passo para ajudar o dependente químico que não quer ajuda é demonstrando amor e compreensão. Antes de tudo, o dependente precisa ver que mesmo ele usando drogas, ainda há pessoas que estão ao seu lado.

Você, como pessoa consciente, precisa entender também que a internação é o melhor caminho para aqueles que não querem ser ajudados. Afinal, eles já não conseguem mais responder por eles mesmos.

Por isso, essa atitude e a procura por auxílio deve partir de você que o ama e o quer sadio de volta. De início, pode parecer cruel, mas você verá em pouco tempo que o tratamento pode ser feito e o dependente químico pode voltar sem vícios para a sociedade.

Se você resolveu que quer ajudar esse dependente químico, o próximo passo é conversar com toda a família. É de extrema importância que o núcleo familiar concorde com o tratamento e incentive o dependente químico a se tratar.

Essa motivação será melhor observada pelo dependente depois que ele se recuperar, pois o apoio e o carinho que irá receber serão o diferencial para ele saber que há pessoas que o amam e o querem saudável.

É necessário fazer a internação à força?

Embora o decreto 891/38 e a lei 10.216/01 informem que é possível fazer uma internação sem o consentimento do dependente químico – desde que quem tome a decisão seja a pessoa responsável pelo mesmo – todos nós sabemos que não é com a força que se conseguirá algum resultado positivo.

Portanto, a Clínica de Reabilitação Grupo Esperança procura fazer os melhores tratamentos, cuidando do dependente químico como um ser individualizado e que possui suas características e singularidades.

Ao fazer da internação e do tratamento um método de isolamento para o dependente químico, só se estará preparando um novo dependente químico, mais forte e mais revoltado.

Por isso, nosso tratamento é feito a partir das particularidades do dependente, juntamente com o amor que a família compartilha ao nos procurar por querer uma todos estejam unidos e saudáveis novamente.

Clínica de Recuperação em São Paulo SP


Clínica de alcoolismo

A clínica de alcoolismo é um centro de tratamento preparado para a internação de pacientes viciados em álcool. Esse vício pode ser causado por fatores complexos, como sociais, psicológicos e até mesmo genéticos.

Ler mais

Clínica para dependentes alcoólatras

Chega um momento em que a família não sabe mais lidar com o vício de um de seus membros. Não é má vontade ou falta de interesse. É realmente sentir as mãos atadas enquanto o outro sofre.

Ler mais

Clínica de dependência química

Apesar de atualmente termos uma maior conscientização sobre a dependência química e a gravidade da situação, infelizmente ainda é difícil saber lidar com dependentes químicos dentro de casa ou no convívio social.

Ler mais

Como internar um alcoólatra?

Pode ser doloroso, mas a internação se faz necessária em alguns casos de alcoolismo. Você ainda tem dúvidas sobre isso? Continue lendo e obtenha informações sobre como internar um alcoólatra.

Ler mais

Clínica para dependentes químicos involuntários

A internação involuntária ocorre quando a situação do dependente químico é perigosa, mas ele não compreende isso. É neste ponto que a família se sente obrigada a interná-lo em uma clínica de recuperação ainda que sem sua autorização.

Ler mais

Internação involuntária de alcoólatra

É comum que pessoas afetadas pelo vício, o que inclui o alcoolismo, não entendam a gravidade de sua situação, apesar de saberem que algo está errado.

Ler mais

Blog